Design biofílico: o que é e como se destaca nos imóveis?  

Design biofílico: o que é e como se destaca nos imóveis?  

Na era em que a urbanização avança impiedosamente, a necessidade de trazer a serenidade e a vitalidade da natureza para nossos espaços de convivência nunca foi tão importante. Não é à toa que a WGSN, autoridade global em tendências de consumo e design, destaca o design biofílico como uma tendência crescente, refletindo um desejo profundo e universal de equilíbrio e bem-estar.  

Estudos mostram, por exemplo, que ambientes inspirados na natureza podem melhorar significativamente o bem-estar físico e mental, transformando não apenas a estética, mas a própria essência de como habitamos e trabalhamos.  

No entanto, o design biofílico vai além de simplesmente incorporar elementos naturais nos espaços. Ele celebra a singularidade de cada indivíduo, criando ambientes que são tanto personalizados quanto acolhedores. Aliás, é um diálogo entre o moderno e o natural, onde cada detalhe é cuidadosamente considerado para promover uma experiência única e revitalizante.  

Continue a leitura e saiba mais sobre o design biofílico e seu conceito inovador. 

O que é design biofílico?  

O design biofílico é uma filosofia arquitetônica e de interiores que busca integrar elementos da natureza nos ambientes construídos. Por isso, ele promove uma conexão mais profunda e benéfica entre o ser humano e o mundo natural. Em sua essência, trata-se de criar espaços que nutrem o bem-estar físico, mental e emocional de seus ocupantes.  

A palavra “biofílico” deriva de “biofilia“, um termo cunhado pelo renomado biólogo Edward O. Wilson, que significa “amor à vida” ou “amor aos sistemas vivos“.  

Wilson propôs que os seres humanos têm uma afinidade inata com a natureza e que essa conexão é essencial para nossa saúde e felicidade. O design biofílico, portanto, é a materialização dessa afinidade nos espaços que habitamos.  

No segmento de luxo, o design biofílico não apenas atende às necessidades estéticas, mas também se alinha com uma crescente demanda por sustentabilidade e bem-estar holístico. Espaços projetados com princípios biofílicos são santuários que oferecem uma experiência de vida enriquecedora e transformadora.  

Por que o design biofílico é importante?  

No universo do design de alto padrão, o valor de um ambiente transcende sua mera aparência; ele ressoa em cada detalhe e na experiência que proporciona.  

Dessa forma, o design biofílico não apenas embeleza, mas transforma espaços em refúgios de bem-estar e harmonia, onde cada elemento natural atua como um elo entre o ser humano e a natureza.  

Vamos explorar os benefícios distintos e sofisticados que essa abordagem inovadora oferece:  

1- Design biofílico melhora o bem-estar físico e mental  

Ambientes projetados com princípios biofílicos promovem uma sensação de tranquilidade e equilíbrio.  Sendo assim, a presença de plantas, a luz natural abundante e a integração de materiais orgânicos contribuem para reduzir os níveis de estresse, promovendo uma atmosfera de calma e serenidade.  

Surpreendentemente, estudos revelam que a exposição a elementos naturais pode diminuir a pressão arterial e os níveis de cortisol, proporcionando uma verdadeira oásis de bem-estar em meio ao tumulto urbano.  

2- Conforto e satisfação dos moradores  

O design biofílico transforma cada ambiente em um espaço de conforto personalizado e de satisfação única. Assim, seja em residências sofisticadas ou em escritórios de alto padrão, a integração de elementos naturais proporciona uma sensação acolhedora e revitalizante.  

Espaços concebidos com esta abordagem são percebidos como mais agradáveis e convidativos, o que pode aumentar a satisfação geral dos ocupantes e visitantes.  

3- Conexão emocional e sentimento de pertencimento  

A natureza possui um poder intrínseco de conexão emocional. Inegavelmente, o design biofílico aproveita essa capacidade para criar espaços que são emocionalmente envolventes.   

A presença de elementos naturais, como jardins internos ou materiais que evocam a natureza, reforça um sentimento de pertencimento e identidade. Em outras palavras, essa conexão profunda torna cada espaço único, refletindo a personalidade e os valores de seus ocupantes.  

4- Sustentabilidade e responsabilidade ambiental  

Em um mundo onde a consciência ambiental está se tornando cada vez mais importante, o design biofílico se destaca como um símbolo de sustentabilidade.  

Por isso, ele promove o uso de materiais naturais e técnicas que reduzem o impacto ambiental, alinhando-se perfeitamente com os valores de uma clientela que preza pela responsabilidade social e ecológica  

Dessa forma, adotar o design biofílico é abraçar uma abordagem de construção que respeita e celebra o planeta.  

5- Valorização do imóvel e da marca  

Para proprietários de imóveis e empresas, o design biofílico pode ser um poderoso aliado na valorização da propriedade e da marca.  

Afinal, espaços que incorporam elementos biofílicos são frequentemente percebidos como mais sofisticados e desejáveis, aumentando seu apelo no mercado de luxo.  

Além disso, marcas que adotam essa abordagem demonstram um compromisso com o bem-estar e a sustentabilidade, fortalecendo sua reputação e atraindo uma clientela exigente e consciente.  

Quais os elementos incluem o design biofílico  

Explorando além da superfície, o design biofílico incorpora uma variedade de elementos que capturam a essência da natureza, transformando qualquer espaço em um oásis de serenidade e inspiração.  

Confira alguns deles:  

1- Natureza no espaço  

A essência do design biofílico reside na incorporação direta da natureza nos ambientes internos. Isso se traduz em uma série de componentes tangíveis que trazem o exterior para dentro de casa ou do local de trabalho.  

  • Plantas vivas: seja por meio de exuberantes jardins verticais, vasos elegantes ou áreas verdes cuidadosamente planejadas, a vegetação viva é o coração do design biofílico. Elas não apenas embelezam os espaços, mas também melhoram a qualidade do ar e criam uma atmosfera calmante e revitalizante.  
  • Luz natural: a integração da luz solar é essencial. Portanto, grandes janelas, claraboias e paineis de vidro são utilizados para maximizar a entrada de luz natural, criando ambientes luminosos e acolhedores que mudam ao longo do dia, refletindo a dinâmica do mundo exterior.  
  • Água: fontes, lagos internos ou pequenos aquários trazem o som e a tranquilidade da água corrente para dentro dos ambientes. Eles oferecem um foco visual relaxante e ajudam a criar uma sensação de calma e continuidade com a natureza.  

2- Analogias naturais  

Quando a presença direta da natureza não é possível, o design biofílico recorre a elementos que evocam a sensação e a essência do mundo natural.  

  • Materiais naturais: a escolha de materiais como madeira, pedra, bambu e tecidos naturais é fundamental. Esses materiais não só oferecem uma estética quente e convidativa, mas também proporcionam uma experiência tátil que remete à natureza. A textura da madeira polida ou o frescor da pedra são exemplos de como esses materiais podem enriquecer os sentidos.  
  • Cores inspiradas na natureza: Paletas de cores que refletem os tons encontrados na natureza, como os verdes das florestas, os azuis do céu e os neutros terrosos, ajudam a criar um ambiente harmonioso e relaxante. Afinal, as cores naturais têm um efeito profundo no nosso bem-estar, promovendo uma sensação de calma e equilíbrio.  

Conheça a HVM  

Na busca incessante por criar ambientes que transcendam a mera funcionalidade e alcancem um nível superior de bem-estar e sofisticação, a HVM se destaca como um parceiro insuperável para aqueles que desejam incorporar o design biofílico em seus lares.   

Somos mais do que uma incorporadora e estamos comprometidos em trazer a essência revitalizante da natureza para cada projeto que realizamos.  

Conheça alguns dos nossos empreendimentos e confira de perto!  

Esses também podem te interessar:

Cidade de 15 minutos: confira tudo sobre esse conceito

Wellness experience: a nova tendência em imóveis. 

Penthouses: conheça uma vida de luxo nas alturas 

Imóveis de luxo e os impactos positivos das tecnologias

Tendências na arquitetura para 2024: unindo forma e função. 

Imóveis de alto padrão: o que está por trás desta ascensão? 

Inteligência artificial: a reinvenção do ramo imobiliário 

Conceito das ‘Cidades de 15 minutos’ é referência mundial para novos empreendimentos imobiliários

Vertigo Premium Studios é o primeiro empreendimento de MS certificado com o selo AQUA-HQE de sustentabilidade

Com Selic no menor nível histórico, e volatilidade do mercado, imóvel é opção de investimento seguro

Lançamento da HVM Incorporadora traz novo conceito de condomínios verticais

Focado em exclusividade, conheça o Neo - Vivendas do Bosque

Seguindo normas de segurança, HVM retoma atendimento presencial na Central de Decorados

Construtora oferece visita virtual a apartamentos decorados durante pandemia

Campo Grande é a segunda Capital com menor índice de atividade física para deslocamento

Para César, a “tardança” da nova fase pessoal é agora e tem gosto de vida leve e sustentável

Prédio mais alto do MS celebra a chegada do Natal com iluminação sustentável

Campo Grande cresce para o alto: somente este ano foram emitidos habite-se para 16 prédios

Novo conceito de moradia reúne perfis variados em mesmo ambiente

1º rooftop 360° e Campo Grande - Três Meia Zero

Primeiro empreendimento com Rooftop 360°de Campo Grande inova o conceito de morar bem

Novo lançamento da HVM Incorporadora, o Três Meia Zero -

5 passos para o Urbanismo sustentável em sua cidade

Os 5 mandamentos da decoração minimalista

4 dicas práticas para iluminar sua cozinha

Usando o isolamento acústico para ter mais qualidade de vida

Vertigo Premium Studios recebe selo AQUA-HQE de Sustentabilidade

Incorporadora realiza Campanha do Agasalho para ajudar instituições da

Cidade de 15 minutos: confira tudo sobre esse conceito

Wellness experience: a nova tendência em imóveis. 

Penthouses: conheça uma vida de luxo nas alturas 

Imóveis de luxo e os impactos positivos das tecnologias

Tendências na arquitetura para 2024: unindo forma e função. 

Imóveis de alto padrão: o que está por trás desta ascensão? 

Inteligência artificial: a reinvenção do ramo imobiliário 

Conceito das ‘Cidades de 15 minutos’ é referência mundial para novos empreendimentos imobiliários

Vertigo Premium Studios é o primeiro empreendimento de MS certificado com o selo AQUA-HQE de sustentabilidade

Com Selic no menor nível histórico, e volatilidade do mercado, imóvel é opção de investimento seguro

Lançamento da HVM Incorporadora traz novo conceito de condomínios verticais

Focado em exclusividade, conheça o Neo - Vivendas do Bosque

Seguindo normas de segurança, HVM retoma atendimento presencial na Central de Decorados

Construtora oferece visita virtual a apartamentos decorados durante pandemia

Campo Grande é a segunda Capital com menor índice de atividade física para deslocamento

Para César, a “tardança” da nova fase pessoal é agora e tem gosto de vida leve e sustentável

Prédio mais alto do MS celebra a chegada do Natal com iluminação sustentável

Campo Grande cresce para o alto: somente este ano foram emitidos habite-se para 16 prédios

Novo conceito de moradia reúne perfis variados em mesmo ambiente

1º rooftop 360° e Campo Grande - Três Meia Zero

Primeiro empreendimento com Rooftop 360°de Campo Grande inova o conceito de morar bem

Novo lançamento da HVM Incorporadora, o Três Meia Zero -

5 passos para o Urbanismo sustentável em sua cidade

Os 5 mandamentos da decoração minimalista

4 dicas práticas para iluminar sua cozinha

Usando o isolamento acústico para ter mais qualidade de vida

Vertigo Premium Studios recebe selo AQUA-HQE de Sustentabilidade

Incorporadora realiza Campanha do Agasalho para ajudar instituições da

Navegue por aqui

Precisa falar sobre algum de nossos empreendimentos?

HVM Incorporadora © 2024 Todos os direitos reservados.